MENU
Salão do Móvel de Milão 2019

16/03/2019 Comments (0) Design, Feiras Internacionais, Notícias, Sem categoria

Salão do Móvel de Milão 2019 celebra o viver híbrido

Evento mais aguardado por todas as empresas e os profissionais envolvidos no design e na produção de móveis ao redor do mundo, o Salão Internacional do Móvel de Milão, que ocorre de 09 a 14 de abril de 2019, anuncia alterações importantes em seu formato para a 58ª edição. Com o objetivo de responder adequadamente às mudanças estruturais na sociedade contemporânea, bem como suas consequências no mercado de decoração e design, neste ano, a hibridez entre a vida pessoal e profissional ganha ainda mais força, numa estratégia ousada e bastante oportuna da organização. Aliás, a  Impress já vem observando esse movimento há algum tempo – leia mais sobre o assunto.

Além da tradicional exibição do Salone, como em todo ano ímpar, os pavilhões do Rho Fiera Milano recebem também as exposições bienais Euroluce (iluminação) e Workplace 3.0 (móveis corporativos). E é exatamente aí que se dá a primeira grande mudança. Nas palavras da própria organização: “[As mostras paralelas passam a ocupar] um espaço híbrido, em que o dever e o prazer, o profissional e o pessoal, caminharão de mãos dadas. As empresas expositoras estarão presente de maneira líquida e híbrida em todo o recinto da feira, como um reflexo fiel da transformação social do espaço de trabalho em um ambiente flexível, permeável e dinâmico, propício à interação profissional e ao engajamento com outras atividades do dia a dia”.

Ou seja, se antes separadas da exposição principal por meio de pavilhões exclusivos para cada uma delas, agora os mobiliários, acessórios e objetos relacionados à WorkSpace 3.0 passarão a compor de forma “orgânica” os espaços antes reservados apenas aos interiores residenciais, seguindo as propostas de um estilo de vida que só vem crescendo nos últimos tempos.

Além disso, a próxima edição também será o marco de um novo conceito de exposição transversal, dedicada a produtos de design, além de soluções decorativas e técnicas de interiores. Recebendo o nome de S.Project, trata-se de um novo espaço versátil, em que as palavras-chave são: abordagem multissetorial, sinergia e qualidade. Também conversando com as demandas contemporâneas do viver e do morar.

‘Engenhosidade’ é a palavra-chave

As mudanças propostas conversam muito bem, aliás, com o mote da feira em 2019. Lançado no ano passado, como uma celebração a profunda relação do Salão do Móvel de Milão com sua cidade natal, o Manifesto ganha um novo capítulo nesta edição. “Ingenuity” é a palavra que deverá nortear todas as ações do 58º iSaloni.

Podendo ser traduzido para a língua portuguesa como “engenhosidade”, o termo diz respeito à qualidade de ser inteligente, original e inventivo. Relacionando-se, portanto, à capacidade de pensar e criar que desencadeia novas formas de ver o mundo e de inventar soluções nas quais o design contribua para o bem-estar do homem e da sociedade. Um talento inerente ao trabalho de milhares de empresas e designers que levaram seus conhecimentos e heranças culturais à Milão, tornando-a a capital mundial do design e possibilitando a existência e o desenvolvimento do iSaloni ao longo dos anos.

Claudio Luti, presidente do Salone del Mobile.Milano, à esquerda

Claudio Luti, presidente do Salone del Mobile.Milano, à esquerda

Recebendo a cada edição visitantes de quase todos os países do mundo, o evento tornou-se não só uma referência no setor moveleiro, mas, sim, nas mais diversas áreas relacionadas ao morar, ao lifestyle, à moda e até às artes plásticas. Não por menos, o conceito da 58ª edição da feira presta, ainda, uma homenagem aos 500 anos da morte do italiano Leonardo Da Vinci, uma das figuras mais importantes (e impressionantes!) da história, tendo dedicado sua vida não só às artes (tais quais a pintura e a música), como à ciência, à engenharia, à arquitetura e muito mais.

“‘Ingenuity’ não só é uma parte profundamente intrínseca do DNA do iSaloni e das empresas, marcas e designers que fizeram sucesso por aqui, como também descreve muito bem a Da Vinci, o mestre de todos os criativos, o precursor da relação entre criatividade e empreendedorismo, um homem do progresso, do presente e do futuro, que veio à Milão com o propósito de ampliar sua relação com as formas de criar”, fala o presidente do Salão do Móvel de Milão, Claudio Luti.

Através do Manifesto, o Salão apela, então, para o envolvimento emocional e intelectual de todos os atores envolvidos na manutenção do evento, em uma tentativa de avançar mais do que nunca, para consolidar o papel de liderança que o evento e a cidade esculpiram sobre eles, e que cada vez mais atrai novos projetos e talentos. Aliás, você pode ter acesso ao Manifesto na íntegra clicando aqui.

Especial Milão 2019

Continue acompanhando o conteúdo Impress e fique por dentro de diversas novidades da 58ª edição do Salão do Móvel de Milão.

Você vai gostar de:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

Tags: , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *